Voc� precisa do Plugin Flash

27/04/2010

Sofia e Gabi

Amo os nomes das minhas personagens, e claro que quando os nomes são bonitos, mais gostoso ainda de me apaixonar...

Eu agora, to saindo das sapatilhas de ponta e caindo nas pistolas, fuzis... aff...

Quanta variação...

De Sofia pra Gabi...

Sofia é a minha Bailarina de papel, na peça, e Gabi é a Delegada Federal com que Wolf e Calmon me presentearam.

Até tiro já dei...

Vou pegar minhas armas e trazer pra casa. Vai virar meu novo “dodô”...

To empolgada, feliz e satisfeita.

Melhor não poderia ser...

Ah! Gabi Marrone (como eu já, carinhosamente, a chamo) tem duas filhas... olha que delícia...

2010 de colheita...

Amém!

12/04/2010

Servios

1- Matéria no Estado de São Paulo  (A que me refiro no Com a Palavra).

2- 

 

3- Amigos queridos, convidados e crianças:

Por favor, tragam uma lata de leite em pó ou um pacote de fraldas pra estréia do “Soldadinho e a Bailarina”, no teatro Tom Jobim, esse fim de semana.

Os convites já foram pro correio, por isso faço o pedido por aqui.

Nossos irmãos Fluminenses e eu agradecemos muito,

Luana P.

“Felicidade é um agora que não tem pressa nenhuma.”
(Adriana Falcão, Livro Mania de Explicação)

 


 

05/04/2010

Sobre importncias

Um fotógrafo-artista me disse outra vez: veja que pingo de sol no couro de um lagarto é para nós mais importante do que o sol inteiro no corpo do mar. Falou mais: que a importância de uma coisa nao se mede com fita méttrica nem com balanças nem com barômetros etc. Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós.

Assim um passarinho nas mãos de uma criança é mais importante para ela do que a Cordilheira dos Andes.

Que um osso é mais importante para o cachorro do que uma pedra de diamante.

E um dente de macaco da era terciária é mais importante para os arqueólogos do que a Torre Eifel. (Veja que só um dente de macaco!)

Que uma boneca de trapos que abre e fecha os olhinhos azuis nas mãos de uma criança é mais importante para ela do que o Empire State Building.

Que o cu de uma formiga é mais importante para o poeta do que uma Usina Nuclear.

Sem precisar medir o ânus da formiga. Que o canto das águas e das rãs nas pedras é mais importante para os músicos do que os ruídos dos motores da Fórmula 1.

Há um desagero em mim de aceitar essas medidas. Porém não sei se isso é um defeito do olho ou da razão. Se é defeito da alma ou do corpo.

Se fizerem algum exame mental em mim por tais julgamentos, vão encontrar que eu gosto mais de conversar sobre restos de comida com as moscas do que com homens doutos.

 
(Manoel de Barros)

01/04/2010

Procura-se...

Quando ela fala

(Machado de Assis)

Quando ela fala, parece
Que a voz da brisa se cala;
Talvez um anjo emudece
Quando ela fala.

Meu coração dolorido
As suas mágoas exala.
E volta ao gozo perdido
Quando ela fala.

Pudesse eu eternamente,
Ao lado dela, escutá-la,
Ouvir sua alma inocente
Quando ela fala.

Minh’alma, já semimorta,
Conseguira ao céu alçá-la,
Porque o céu abre uma porta
Quando ela fala.