Voc� precisa do Plugin Flash

29/01/2010

Episdio de hoje: Comeando tudo de novo

“ – Respiraaa...

Meus sais...

Meus florais...

- Nossaaa... quanta gente...

- Meu Deus, como o Gabriel fala bonito...

- Nossa, como ele sabe...

- Quem diriaaa... Kika... da aula do Jean Marie... virou minha coreógrafa...

- Geeente... e se a Ju parir na estréia... ?

- Ah é?!... Sou contralto é?!...

- Tomara quele goste... goste não, ame!

- Nãaoo... essa eu não gostei...

- Ave mariaaa... que vista linda essa aqui... esse hotel Marina é o fino da bossa...

- Aff... que calor é esse??!

- Quanta competência junta, pqp...

- Vo acabar pegando sotaque mineiro, hehe...

- Que blusinha linda a da Maricota...

- Geeeeente... Babaya e Ernani... é fresquinho pq vende mais ou vende mais pq é fresquinho?!! Que dupla viu?! L. A. não sabe o que tão perdendo...

- Aff... que emoção... nem acredito...”

 

(Pensamentos / suspiros de uma atriz/produtora)

 
Senhoras e senhores,

 
A aventura vai começar!!

25/01/2010

Paulistana

Depois de não sei quantos anos, retornei a Jaboticabal...

 
Aff... lá vamos nós abrir a caixinha de recordações...

 Casa das avós ():

 
- Uma estava igualzinha; pareciam até que iam me chamar pra dentro que era hora do tetê (mamadeira).

 
- A outra, nada...



Nem parecido.

Deu uma tristeeeeeza...

Deu impressão que era invenção minha, que aquela casa, jardim, histórias, eu é que tinha imaginado.

 
Os tempos passam...

Fica só o que queremos e conseguimos guardar...

 
Maaaaaas tem a dinda,

A dona Aparecida,

As juras de amor perante Deus que renovam as nossas esperanças...

Só esqueci de pegar o buquê...

20/01/2010

Vale parar e pensar...

Ternura

(Vinicius de Moraes)


Eu te peço perdão por te amar de repente
Embora o meu amor seja uma velha canção nos teus ouvidos
Das horas que passei à sombra dos teus gestos
Bebendo em tua boca o perfume dos sorrisos
Das noites que vivi acalentado
Pela graça indizível dos teus passos eternamente fugindo
Trago a doçura dos que aceitam melancolicamente.
E posso te dizer que o grande afeto que te deixo
Não traz o exaspero das lágrimas nem a fascinação das promessas
Nem as misteriosas palavras dos véus da alma...
É um sossego, uma unção, um transbordamento de carícias
E só te pede que te repouses quieta, muito quieta
E deixes que as mãos cálidas da noite encontrem sem fatalidade

                                                           [o olhar extático da aurora.

13/01/2010

Gasela

Soneto do Corifeu

(Vinicius de Moraes)

São demais os perigos desta vida
Para quem tem paixão, principalmente
Quando uma lua surge de repente
E se deixa no céu, como esquecida.


E se ao luar que atua desvairado
Vem se unir uma música qualquer
Aí então é preciso ter cuidado
Porque deve andar perto uma mulher.


Deve andar perto uma mulher que é feita
De música, luar e sentimento
E que a vida não quer, de tão perfeita.


Uma mulher que é como a própria Lua:
Tão linda que só espalha sofrimento
Tão cheia de pudor que vive nua.

09/01/2010

Voc sentiu?

Ou fui só eu? Será que to doida? Impressão de virginiana obcecada pela perfeição?

Sei lá...

 

To sentindo esse ano melhor...

Mais amigo... mais redondo... par...

Generoso, sabe?

Pô... 10 é demais, 20 então, bum!!!

Estratosféricamente ideal para colher bons frutos, saboreá-los...

Deu uma trabalheira essa última plantação/etapa viu...

Espero que um sopro dessa sensação, acolhedora, que me deu a chegada de 2010 possa soprar por aí...

Que sopre e sussurre em vossos ouvidos...

E que consigamos reverter toda essa situação...

Que 2010 seja doce com todos.

Por que quente ele já se mostrou...

 

Ah! Prenda de verão...

Falando em calor, muito pertinente o último ensaio daqui do site...

 

Vertigem...