Voc� precisa do Plugin Flash

27/08/2007

POR DE TRS DOS MEUS CULOS

Fui! Tive que ir, fui!
Audincia no Frum, centro do Rio de Janeiro. Fui!
Chegando l j suava frio.
As pessoas olhando e at fotgrafo tinha...
E eu suando...
Entro na sala. Juiz j sentado. Japinha datilografando tudo o que acontecia.
Advogado deles pra l, ns pra c; testemunha deles sentada, a nossa em p...
Tudo pronto! Vai comear!
Parecia uma pea de Teatro...
E era tudo verdade, na minha vida!
Black, mudana de cenrio.
Tudo acontece como tem de ser e de repente, na mesma intensidade da tenso vem a sensao de que algo diferente...
Existem regras! Tem um juiz!
Algum que diz o que pode o que no, o que vlido, o que no pertinente...
Um juiz...
Que bela profisso...
Ele tem como ofcio proteger, fazer valer a justia.
Poxa, aqui no Brasil a gente nunca se sente protegido. Medo de tudo.
Ta todo mundo envolvido, sempre.
Uma solido de ptria, enfim...
Mas ali no...
Meus advogados atentos, eficazes, claros. As cartas sendo dadas.
Tudo dito e jurado.
E o juiz...
Saio de l ainda suando frio, mas confiante...
A Brasil! Quer saber??!
To apostando todas as minhas fichas de novo!
Tem uma galera muito boa por a, viu?!
Viva o bom senso e o justo!
E vida longa aos juzes...

(in memorian Dr. Pedro Melcio)